sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

SALDOS Queridos SALDOS





Os saldos já levam uma semana de avanço. 
Calma, só acabam em Fevereiro, porém as peças mais requisitadas já estão nos últimos números.
Há regras a cumprir em tempo de saldos. 
O ano mudou masa conversa repete-se sempre, contudo, ainda há pessoas a gastar dinheiro para nunca "descolar" do armário, por isso nunca é demais dar umas dicas ou repeti-las uma vez mais.

BÁSICOS BÁSICOS BÁSICOS, nunca são demais nos nossos armários. São aquelas peças que vamos usar sempre até romper. 
Calçado, aposte em boa qualidade e conforto. Não queremos chegar ao fim do dia com os pés a "gritar" pois não?
Acessórios, poucos mas bons. Está a ver as bijuterias de lojas tipo Parfois? Conte quantos anéis e pulseiras já comprou e oxidaram... pois... vale mesmo a pena? Aproveite esta altura para comprar aquela mala que andava a "namorar" na montra mas que o preço não a convidava a entrar na loja.
Vestuário exterior , nunca é demais. Adquira boa qualidade e cores sóbrias.
Peças tendência - Serão um bom investimento? Faça uma pesquisa e veja o que se vai usar na próxima estação
Vestidos, o tal vestido preto. Não é preciso dizer mais nada.
Malhas - O inverno ainda está no inicio. Lembra-se daquela malha que só de olhar para o preço dava-lhe uma quebra de tensão? Pois bem, compre-a agora. Mas só se for de boa qualidade, porque há peças caras e que não valem o preço marcado.
Jeans, esta é uma ótima altura para investir. Principalmente em Mom jeans.
T-shirts Zara, é uma compra sagrada em tempo de saldos.

Vire e revire a peça, veja a composição do tecido e pense quantas vezes vai usar e o que já tem no armário.

Palavras a reter (válidas para todas as estações):
Básicos, 
boa qualidade,
 conforto,
 cores sóbrias ( camel, branco, preto, cinza, bege)
Stilletos
Blazer preto/branco de corte reto
Vestido preto

sábado, 30 de dezembro de 2017

Reveillon na rua e agora?


São muitos os artigos sobre a passagem de ano a pairar no mundo virtual. Mas... poucos são aqueles que falam sobre o que vestir nas festas de rua. 
Estão a imaginar um stilletozinho a dançar em plena avenida dos aliados por exemplo? Quem o fizer, tem a minha profunda admiração mas certamente que no fim da noite não haverá sapato de salto alto para contar como foi a festa.
A pensar nisto, resolvi deixar aqui 3 sugestões confortáveis e também versáteis para outras ocasiões.
Lembrem-se : Less is more ! 




#2

#3

Reveillon na rua e agora?